A DESCRIÇÃO DO MUNDO

The Description of the World

WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59.08
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59.07
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59.05
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59.06
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59.04
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59.02
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59.01
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59.00
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.59
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.58
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.56
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.55
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.54
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.52
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.51
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.50
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.49
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.48
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.47
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.46
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.45
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58.44
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.58
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00.24
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00.23
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00.22
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00.21
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00.17
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00.18
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00.19
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00.16
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00.15
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00.14
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00.13
WhatsApp Image 2019-12-04 at 17.00
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59.10
WhatsApp Image 2019-12-04 at 16.59.09

A Descrição do Mundo lançou um convite a um grupo de 16 pessoas a caminhar pela cidade, experimentar práticas de corpo, escrita, narrativa e comunicação e produzir alguma forma de partilha aberta ao público que pudesse representar um extrato da experiência vivida. Preocupava-nos a recuperação da experiência, como algo pessoal e intransferível, um estado de exploração que se encontra esmaecido por trás da saturação da informação em velocidade cada vez maior, impedindo sua ‘digestão’ e absorção crítica. Também nos movia a questão das possíveis ‘traduções’ da experiência em objeto estético artístico: como dar conta de comunicar um processo para aqueles que não o viveram?

 

Como ferramentas principais para isso, propusemos o caminhar; a escrita sobre o vivido ou sobre o presente; a narrativa mediada por materiais da cena e das artes visuais; a reflexão sobre os modos e meios de se contar uma estória (experiência); e sempre, a referência do corpo como o ‘mistério cognitivo’ que media todas as nossas experiências. Ao longo destas semanas os participantes iam se conhecendo e explorando a cidade em suas relações multidirecionais, aprofundando-se num processo de pesquisa e criação muito ricos.

 

 Processos artísticos funcionam em uma lógica de rede e de transmissões de saberes. Quanto mais são ativados, mais produzem desdobramentos insuspeitados. Por isso,  seus efeitos são graduais no tempo e espaço, ultrapassando o campo individual e estabelecendo ‘ondas’ que se propagam em velocidades variadas. Os processos colaborativos inauguram novas parcerias. Promovem transformações nos materiais gerados e trabalhados, de modo que cada artista traz algo de seu know-how mas também sofre as transformações que o encontro com outros gera em seu fazer. O efeito multiplicador é exponencial.

 

Ao pensar em ‘dramaturgias do encontro’ levamos em conta que o processo de colaboração artística se faz a partir de um agenciamento contínuo, multidirecional e de efeitos que não são limitáveis aos objetos estéticos.  Novas parcerias surgiram, conhecimentos foram trocados, processos artísticos foram executados e desenvolvidos até uma etapa de partilha que permite a todos os participantes ampliarem seus universos sensíveis e estéticos.

 

 

Ficha Técnica

 

Concepção e Direção: Marcos Moraes e Natalia Barros

Colaboração: Nicolau Ferreira

Artistas Participantes:

Alberto Magno, Angela Quinto, Biba Rigo, Ex Punk Me, Fabio Paiva, Fernanda Marques, Fernanda Porto, Leonardo Shamah, Luanna Jimenes, Marcos Moraes, Maria Clara Contrucci, Mariana Piza, Natalia Barros,

Nicolau Ferreira, Renata Hardy, Renato Vasconcellos, Samuel Tomé, Thais Graciotti, Victor Honda

Artistas Convidados durante o processo:

Edith Derdyk, Giuliano Tierno, Laila Padovan

Produção: Murilo Chevalier (Corpo Rastreado)

Técnico: Mauro Martorelli

Foto: Sato do Brasil