'Na Caverna' (introdução de Donaldo Schüler ao Banquete de Platão)

“A tradição oral seletiva, lacunosa nos autoriza a entrar no Banquete como locutores, banquete de palavras, de ideias, idéias e palavras lentamente absorvidas. De outra forma estaríamos sujeitos a uma embriaguez intolerável, arrasadora. Deixemos para amanhã o que não é possível assimilar hoje. O prazer está nos buracos, nas falhas. A fidelidade a Platão não nos preocupa. Em literatura e filosofia, a fidelidade é desastrosa por nos condenar a um servilismo estéril. De resto, como ser fiel a Platão se nem ele é fiel a si mesmo? Cada diálogo é diferente dos outros, o que condiz com o pensamento criativo. Em lugar de tentar repetir Platão, tentemos pensar a partir de Platão. Não há fidelidade maior a um inventor de pensamentos do que pensar com ele. As omissões do texto propiciam emissões nossas.

'Na Caverna' (introdução de Donaldo Schüler ao Banquete de Platão)

Conteúdo
Textos Adicionados Recentemente
Arquivos
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Voltar para Referências